Lance Notícias | 23/02/2022 14:25

23/02/2022 14:25

18638 visualizações

Você se sente culpado quando descansa?

Nada mais normal hoje do que encontrar uma pessoa, pedir como ela está e a ela te responder que está na correria. Vivemos em um período onde temos a impressão de que viver apressado, atarefado e estressado é o correto e é assim para todo mundo, qualquer coisa que saia deste padrão está errada. O grande problema disso tudo é que essa exigência custa sua saúde mental.

Descansar é preciso e benéfico, inclusive para que você tenha mais rendimento e resultados melhores no seu trabalho. Pensa comigo, quando você passa uma noite em claro, como está sua disposição no dia seguinte? Com certeza fica prejudicada. O mesmo acontece quando você se deixa levar pela correria do dia a dia e não encontra tempo para descansar, você sai do seu trabalho mas sua cabeça não desliga, as preocupações do seu dia vão pra casa junto com você e isso impede você de relaxar.

Dois pontos são importantes neste cenário, o primeiro deles é dosar o seu tempo de trabalho intercalando com momentos de descanso e lazer, talvez você até nem precise diminuir a sua carga horária, só o fato de você ter momentos de descanso e de lazer frequentes já irão fazer com que você tenha uma qualidade de vida melhor.

O segundo ponto é você aprender a não levar para casa as preocupações do seu trabalho. Uma maneira de fazer isso é você dizer para si mesmo que está indo para casa e que no outro dia você volta para continuar. Além disso, você precisa tomar consciência de que se você tem um problema no trabalho e não é possível resolver ele enquanto você está em casa, gastar sua energia se preocupando com isso só irá piorar a situação, justamente porque vai impedir você de relaxar e prejudicará seu rendimento no dia seguinte. Entenda que se neste momento você não pode resolver o problema, você deve deixar para pensar nele no momento em que você precisará resolve-lo.

Eu sei que neste momento pode parecer difícil para você colocar em prática essas dicas, mas posso te afirmar que é uma questão de treino. Talvez você não consiga na primeira tentativa, mas quanto mais você insistir e repetir, mais fácil vai ficar e tenho certeza de que será muito benéfico para você.

Aline Bedin
Psicóloga clínica CRP 12/10514
WhatsApp: (49) 98414-6352
Redes Sociais: Instagram @psicoalinebedin

 

Deixe seu comentário