Lance Notícias | 23/07/2022 09:01

23/07/2022 09:01

18452 visualizações

Como a nutrição pode contribuir para a melhora dos sintomas de indivíduos com autismo?

O autismo (TEA) é um transtorno do neurodesenvolvimento, caracterizado por uma desordem neural com sintomas complexos.

Algumas comorbidades associadas ao TEA como, deficiências vitaminas e mineiras, alterações da resposta imunológica, alergias ou seletividade alimentar, inflamações crônicas, alterações gástricas, disbiose, alterações sensoriais, podem ser amenizadas e controladas atrás da alimentação.

O principal ponto da nutrição é melhorar a saúde e qualidade de vida dos indivíduos.
No caso de indivíduos com TEA, um olhar mais aprofundado aos sintomas, pois não é “normal” sentir dores e desconforto o tempo todo.

Uma alimentação adequada nesses casos requer apoio da família para ajudar esse paciente.
A dieta deve ser ajustada conforme sintomas, podendo ser excluídos alguns alimentos, acrescentados outros e também a inclusão de suplementos alimentares.

Muitos estudos relatam benefícios para o eixo microbiota-intestino- cérebro, ligados ao sistema imunológico e sistema nervoso central, após
uma dieta com exclusão de algumas proteínas como o glúten e a caseína.

Antes de qualquer mudança dietética procure um profissional para lhe auxiliar.

Nutricionista Elisabete de Oliveira Crn 10-5420
Personal Ewerton Nardi Cref – 023608-G/SC
@casalfitnes_betynany

Deixe seu comentário