Lance Notícias | 16/02/2022 09:08

16/02/2022 09:08

25254 visualizações

“Afiar o machado” pode mudar a sua vida!

Certa vez, um velho lenhador, conhecido por sempre vencer os torneios que participava, foi desafiado por um outro lenhador jovem e forte para uma disputa. A competição chamou a atenção de todos os moradores da localidade. Muitos acreditavam que finalmente o velho perderia a condição de campeão dos lenhadores, em função da grande vantagem física do jovem desafiante.

No dia marcado, os dois competidores começaram a disputa, na qual o jovem se entregou com grande energia e convicto de que seria o novo campeão. De tempos em tempos olhava para o velho e, às vezes, percebia que ele estava sentado. Pensou que o adversário estava velho demais para a disputa, e continuou cortando lenha com todo vigor.

Ao final do prazo estipulado para a competição, foram medir a produtividade dos dois lenhadores e pasmem! O velho vencera novamente, por larga margem, aquele jovem e forte lenhador.

Intrigado, o moço questionou o velho:

– Não entendo, muitas das vezes quando eu olhei para o senhor, durante a competição, notei que estava sentando, descansando, e, no entanto, conseguiu cortar muito mais lenha do que eu, como pode!!

– Todas as vezes que você me via sentado, eu não estava simplesmente parado, descansando. Eu estava amolando meu machado.

Quantas vezes nos perdemos em meio a correria do dia a dia e continuamos a todo custo “cortar lenha”, dando tudo de nós e esquecemos de afiar o machado? Podemos comparar essa parábola com as vezes em que não paramos para planejar ou reavaliar o que queremos fazer e simplesmente continuamos, do jeito que dá, gastando até a energia que não temos, sofrendo e nos decepcionando com os resultados.

Precisamos lembrar que parar e “afiar o machado” não é perda de tempo, reavaliar o projeto e mudar o que precisa ser mudado não é fracasso, é utilizar o seu conhecimento a seu favor para obter o resultado que você deseja. Seja o que for que você está buscando neste momento, te convido a parar um pouco e analisar se você está realmente utilizando a estratégia mais adequada para conseguir o que você quer, ou se está na hora de afiar o seu machado e mudar de estratégia. Não tenha medo de mudar, tenha medo de permanecer fazendo a mesma coisa, sem alcançar os objetivos que você tem.

Aline Bedin
Psicóloga clínica CRP 12/10514
WhatsApp: (49) 98414-6352
Redes Sociais: Instagram @psicoalinebedin

 

Deixe seu comentário