Polícia

Lance Notícias | 30/12/2021 10:55

30/12/2021 10:55

9196 visualizações

Família de Roseli Stoll fará protesto pedindo justiça e ajuda para localizar corpo da mulher

Família de Roseli Stoll fará protesto pedindo justiça e ajuda para localizar corpo da mulher

Os familiares de Roseli Stoll, 38 anos, assassinada pelo ex-companheiro, irão realizar na próxima terça-feira (04), um protesto na área central de Concórdia.

Eles irão se reunir cobrando justiça e solicitando que se faça alguma ação que possa encontrar o corpo da mulher, vítima de feminicídio.

Os familiares devem fazer uma caminhada por algumas ruas e depois novamente se concentrar em um ponto da praça ou calçadão.

Os familiares mantêm as buscas no lago, porém completando quase um mês o corpo ainda não foi localizado.

Os Bombeiros Militares até mesmo usando equipamentos especiais não conseguiram identificar o corpo que foi amarrado a pedras pelo ex-companheiro que está preso. Roseli Stoll foi assassinada no bairro Sintrial. O crime ocorreu entre os dias 2 e 3 de dezembro. O ex-companheiro usou um cinto para asfixiá-la.

Os parentes de Roseli auxiliam nas buscas pelo lago na esperança que o corpo posso aparecer. De acordo com as informações, muitos familiares estão vindo de outras cidades para auxiliar. O trabalho de buscas é superficial em toda a região ampla do lago e não mais apenas na região de Entre Rios em Alto Bela Vista onde o corpo foi afundado.

O acusado pelo crime está recolhido no Presídio Regional de Concórdia depois de ser preso no Rio Grande do Sul e confessar o crime. Ele foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver e pode pegar em 16 e 20 anos de cadeia.

 

Informações: Atual FM

Deixe seu comentário