Comunidade

Lance Notícias | 25/11/2021 14:17

25/11/2021 14:17

8601 visualizações

Venezuelana que reside em Seara relata desafios após mudança de país e dificuldades enfrentadas no município

A venezuelana Johandry Cristina Álvarez Ron, de 25 anos, decidiu vir para o município de Seara por conta da situação de seu antigo país. Sua irmã mais velha já reside no munícipio, há mais tempo, e encorajou Johandry a vir também. Incentivada por sua avô, a jovem sempre gostou do ramo de confeitaria, que sempre […]

Venezuelana que reside em Seara relata desafios após mudança de país e dificuldades enfrentadas no município

A venezuelana Johandry Cristina Álvarez Ron, de 25 anos, decidiu vir para o município de Seara por conta da situação de seu antigo país.

Sua irmã mais velha já reside no munícipio, há mais tempo, e encorajou Johandry a vir também. Incentivada por sua avô, a jovem sempre gostou do ramo de confeitaria, que sempre incentivou seus netos a seguirem o mesmo ramo que ela.

Atualmente, Johandry produz todos os tipos de doces e salgados para diversos tipos de ocasiões. Quando ainda morava na Venezuela, a jovem estudou em uma academia registrada no Ministério da Educação, chamada Todo Sobremesas, onde se formou como profissional de pastelaria.

Na Venezuela essa era a sua única fonte de renda, mas no momento em Seara, ela trabalha em uma Agroindústria e se dedica à pastelaria somente aos sábados.

— Pretendo continuar nesse meu serviço até eu conseguir uma clientela fixa, e conseguir ter a pastelaria e seus afins, como única fonte de renda — comenta.

Como Johandry trabalha sozinha, ela procura sempre tomar o cuidado de não ficar no calor e depois ir para o frio, de preparar seus produtos e vender ainda no mesmo dia e não guardá-lo por mais de um dia. A jovem se especializou também na produção de biscoitos, que é algo que seus clientes gostam bastante.

Para conhecer o trabalho de Johandry, basta procurar no Facebook sua página Soficake’s_01 ou seu Instagram @soficakes_01. As páginas levam esse nome, porque é muito especial para Johandry, pois vem do nome de sua filha Sofia, ela tem sido a minha força motriz em todo este processo.

— Por enquanto só vendo para pessoas que conheço e que viram meu trabalho aqui na Seara. A propósito da Soficake também nos especializamos em cursos, na nossa página do Instagram você pode ver os resultados dos nossos cursos. Para dezembro estou pensando em um curso básico de doces de natal que vai ficar muito bom — relata.

A jovem comenta ainda, que vem enfrentando diversas dificuldades, tanto pessoal quanto profissionalmente. Na Venezuela ela sempre teve uma boa procura de clientes, mas quando chegou aqui, teve que começar do zero. O fato de ser mãe solteira, para a jovem tem sido muito difícil também.

— Mas minha filha tem sido uma das minhas motivações para seguir em frente e sempre procurar ser melhor, com a ajuda do nosso Deus Jeová — finaliza.

Deixe seu comentário