Polícia

Lance Notícias | 31/12/2021 09:51

31/12/2021 09:51

9279 visualizações

Rede Catarina divulga balanço de ocorrências atendidas em 2021

Implantada no dia 19 de julho de 2021, a Rede Catarina de Proteção à Mulher é um trabalho especializado da Patrulha Maria da Penha, formada por dois policiais militares, dentre os quais uma policial feminina, tem dedicado atendimento especial de proteção as mulheres vítimas de violência. A Rede Catarina é um programa institucional da Polícia […]

Rede Catarina divulga balanço de ocorrências atendidas em 2021

Implantada no dia 19 de julho de 2021, a Rede Catarina de Proteção à Mulher é um trabalho especializado da Patrulha Maria da Penha, formada por dois policiais militares, dentre os quais uma policial feminina, tem dedicado atendimento especial de proteção as mulheres vítimas de violência.

A Rede Catarina é um programa institucional da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) direcionado à prevenção da violência doméstica e familiar contra a mulher, estando pautado na filosofia de polícia de proximidade e buscando conferir maior efetividade e celeridade às ações de proteção à mulher.

O programa se sustenta em ações de proteção, no policiamento direcionado da Patrulha Maria da Penha e na disseminação de solução tecnológica. Ele garante o acompanhamento e atendimento humanizado às mulheres vítimas de violência, dando proteção, e possibilitando também que ela denuncie o agressor com mais segurança.

Dados de 2021

Os resultados de 2021 e as parcerias firmadas com as mais diversas instituições, foram de grande expressão, existindo ainda perspectiva de crescimento para 2022.

De julho até dezembro de 2021, foram assistidas pela Patrulha Maria da Penha, aproximadamente 180 mulheres com medidas protetivas de urgência, expedidas pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

No mesmo período, foram realizadas 257 visitas às residências dessas mulheres para acompanhar a garantia das medidas protetivas.

Além disso, houve 15 descumprimentos de medidas protetivas. Também foram efetuadas seis prisões em flagrante, sendo, quatro prisões por acionamento do botão do pânico, pelo aplicativo PMSC Cidadão.

O Comando do 20º BPM/Fron registra que o Programa Rede Catarina, tem sido uma ferramenta fundamental no combate à violência contra a mulher. O maior número de ocorrências, desde a implantação do programa, se dá pela proximidade da Patrulha Maria de Penha com as vítimas, gerando assim uma sensação de segurança e confiança na instituição Polícia Militar e na lei, permitindo que as mulheres expressem seus problemas e busquem seus direitos fundamentais de liberdade e dignidade.

Deixe seu comentário