Comunidade

Lance Notícias | 28/09/2021 11:49

28/09/2021 11:49

21244 visualizações

Proteção aos animais: moção é aprovada para proibir a corrida de cães no estado de Santa Catarina

Proteção aos animais: moção é aprovada para proibir a corrida de cães no estado de Santa Catarina

Na semana passada foi apresentado pelo suplente de vereador, Rafael Batisteli, a moção de apelo que tem por objetivo proibir o uso de cães da raça galgo em corridas no território catarinense.

Segundo ele, em países como Estados Unidos, Itália, França, Argentina e Uruguai, a corrida de cães já é proibida.

A realidade dos galgos ainda é desconhecida pela maioria da população brasileira. Muitos deles são selecionados para as corridas, os não selecionados são descartados e os selecionados são submetidos a regimes de confinamento, uso de drogas, anabolizantes e abusos físicos e psíquicos.

Tornou-se notório, em reportagem na imprensa nacional, no mês de janeiro, que as corridas de cães galgos causam inegavelmente, danos físicos e psíquicos aos animais envolvidos, vez que são frequentes as fraturas e ferimentos durante as competições.

Com a proibição de eventos desses moldes no Rio Grande do Sul, na Argentina e no Uruguai, os competidores e infratores passaram a migrar para Santa Catarina para promover tais competições.

— É clamor das entidades de Proteção Animal do Estado, inclusive do município de Seara, protetores independentes e grupos de trabalhos em prol dos animais, que seja proibida essas práticas em território catarinense — comenta Rafael.

A moção foi aprovada por unanimidade e agora será encaminhada para o Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina – Alesc, outros Deputados e também para o Governo do Estado de Santa Catarina, para que não meçam esforços em proibir definitivamente esta prática.

Deixe seu comentário