Comunidade

Lance Notícias | 08/11/2021 13:38

08/11/2021 13:38

30357 visualizações

Próprio negócio: casal de Seara investe em afiação de ferramentas como renda extra

Trabalhando há 27 anos em uma agroindústria do município de Seara, Sedenita Benetti, de 44 anos e o marido, Lauri Benetti, de 53 anos, decidiram empreender e abrir seu próprio negócio. Natural de Seara e conhecida como Sida, trabalha há 14 anos no setor de afiação. A ideia de montar um negócio próprio foi de […]

Próprio negócio: casal de Seara investe em afiação de ferramentas como renda extra

Trabalhando há 27 anos em uma agroindústria do município de Seara, Sedenita Benetti, de 44 anos e o marido, Lauri Benetti, de 53 anos, decidiram empreender e abrir seu próprio negócio.

Natural de Seara e conhecida como Sida, trabalha há 14 anos no setor de afiação. A ideia de montar um negócio próprio foi de um colega de serviço.

– O nosso colega iria embora e deu a ideia para eu e meu marido montar um negócio de afiação pois nossa cidade ainda é carente disso. Foi então que alimentamos a ideia, meu pegou algumas dicas com esse colega e decidimos investir – explica.


O casal dedica o tempo na empresa, com turno das 04h13 seguindo até às 14h e após, o trabalho de afiação em casa. Sida ressalta que o trabalho e negócio próprio além de ser renda extra é um passatempo.

– No mês de abril e maio começamos a comprar algumas máquinas, em junho já começamos afiar aqui na área de casa e na sequencia conseguimos construir no terreno aqui atrás de casa o espaço próprio. O início do trabalho de fato foi em agosto – fala.

Segundo ela, cada ferramenta necessita de um tipo especifico de fiação.

– Depende a ferramenta muda máquina de afiação e o jeito de afiar. Por exemplo, para afiar tesoura de cutícula é preciso uma máquina especifica e só afia isso, do mesmo modo para tesoura e faca, entre muitas outras que fizemos – diz.

Sida e o marido ainda fazem planejamento para, em breve, poder dedicar todo seu tempo no próprio negócio.

– Nosso objetivo é que logo possamos depender somente disto. E eu sempre falo, tudo que a gente faz com gosto vale a pena – conclui.

Essa foi a história de Sedenita e Lauri Benetti.
E você, tem uma história bacana ou conhece alguém que tenha?
Mande para gente! Nosso telefone WhatsApp é (49) 98876-3252.

Deixe seu comentário