Comunidade

Lance Notícias | 28/12/2021 09:36

28/12/2021 09:36

10938 visualizações

Chegada da nova motobomba da Casan está prevista para a próxima segunda-feira (03), em Seara

O Governo do Estado está mobilizado para mitigar os efeitos da estiagem, que afeta o Oeste de Santa Catarina neste fim de ano. Na Casan, além do planejamento de longo prazo, estão sendo feitas manobras emergenciais para manter o abastecimento de água da população. Segundo o governador Carlos Moisés, as medidas do Estado não visam […]

Chegada da nova motobomba da Casan está prevista para a próxima segunda-feira (03), em Seara

O Governo do Estado está mobilizado para mitigar os efeitos da estiagem, que afeta o Oeste de Santa Catarina neste fim de ano. Na Casan, além do planejamento de longo prazo, estão sendo feitas manobras emergenciais para manter o abastecimento de água da população.

Segundo o governador Carlos Moisés, as medidas do Estado não visam apenas a solução no curto prazo. Ele lembra que o Executivo estadual vai investir R$ 1,7 bilhão em planejamento hídrico, sobretudo na região Oeste.

— Infelizmente, nosso estado vem sofrendo com estiagens cada vez mais recorrentes. Para fazer frente a isso, estamos trabalhando com planejamento. Obviamente que atuamos com ações emergenciais em períodos mais críticos, como o atual, porém não podemos perder de vista as soluções no longo prazo. É nesse sentido que devemos concentrar os nossos esforços — afirma Carlos Moisés.

Nas últimas semanas, a Casan está realizando o trabalho de limpeza em barragens de captação de água, perfuração de novos poços, contratação de caminhão-pipa e melhorias na estrutura de tratamento e distribuição. A Companhia também trabalha com ações operacionais de revezamento em alguns municípios.

Segundo o diretor-presidente em exercício da Casan, Evandro André Martins, a empresa trabalha nas melhorias das redes de abastecimento, mas ainda assim é necessário contar com a colaboração da população neste período de verão.

— As obras estruturantes que fazem parte do planejamento hídrico proposto pelo governador Carlos Moisés já estão em andamento. Mas nós contamos com a colaboração da população, para que se faça o uso consciente da água. Sabemos que o consumo aumenta no verão. Pedimos que não haja desperdício — explica Martins.

Em Seara, um caminhão-pipa é usado para fornecimento de água bruta e está sendo feita a contratação para a ampliação emergencial da barragem. Além disso, foi adquirida uma motobomba de alta performance para garantir melhores condições operacionais de eficiência ao poço profundo localizado no município. Segundo informações repassadas pelo gerente da Casan da unidade Seara, Renato Scusel, a nova bomba está prevista para chegar na próxima segunda-feira (03), sendo que os tubos já estão a caminho.

Deixe seu comentário