Comunidade

Lance Notícias | 28/10/2021 15:53

28/10/2021 15:53

27419 visualizações

Médica veterinária de Seara faz desabafo em rede social e pede mais atenção dos profissionais

Na manhã desta quinta-feira (28), a médica veterinária Bruna Brenner de 32 anos, fez um desabafo por meio de sua rede social para seus colegas médicos. Há alguns dias, Bruna precisou de um atendimento emergencial, pois estava em seu trabalho e sentiu uma dormência em sua perna esquerda, ignorou o fato e pensou ser algo […]

Médica veterinária de Seara faz desabafo em rede social e pede mais atenção dos profissionais

Na manhã desta quinta-feira (28), a médica veterinária Bruna Brenner de 32 anos, fez um desabafo por meio de sua rede social para seus colegas médicos. Há alguns dias, Bruna precisou de um atendimento emergencial, pois estava em seu trabalho e sentiu uma dormência em sua perna esquerda, ignorou o fato e pensou ser algo associado à sua coluna, mas neste mesmo dia, a dormência aumentou.

A médica veterinária se sentou e neste momento, sentiu seu pé tendo espasmos rápidos e não conseguia controlar, em seguida, a dormência aumentou. Na mesma hora, Bruna filmou e mandou para sua mãe que é médica, pensando que poderia ser uma câimbra. Pediu ajuda ao seu marido, quando de repente seu braço esquerdo começou a encolher e ela o sentiu se comprimindo contra seu próprio corpo.

Em seguida, ela apagou e só acordou dentro da ambulância, sem saber seu nome, o que tinha acontecido, só sentia um cansaço imenso. Chegando ao hospital, relatou o que tinha acontecido e acrescentou que seu marido estava no momento.

— Meu corpo se contraía, dentes cerrados, sialorreia, tônico-clônica e cianose — comenta.

Bruna informou também que já passou por um câncer de mama.

— Tudo o que foi dito, foi ignorado e em questão de minutos, sem nenhum exame, fui liberada com o diagnóstico de “crise de ansiedade” — relata.

Mesmo reforçando o fato de que havia convulsionado, permaneceu sendo ignorada. Não contente com o diagnóstico, Bruna procurou um neurologista.

O médico a ouviu e examinou, percebeu assimetria facial e diminuição da força na perna esquerda. Com suspeita de lesão neurológica, ele a encaminhou para ressonância.

Agora Bruna está a caminho de um neurocirurgião, com dois nódulos no cérebro, sendo possíveis nódulos metastáticos, que foram ignorados no hospital.

Bruna comenta que por sorte, foram diagnosticados cedo, pois ela sabia e sentia que tinha algo à mais.

— Aos meus colegas médicos peço que façam o que nós médicos veterinários não podemos fazer, ouçam seus pacientes, sonhamos em poder fazer, e desejamos isso. Que veterinário nunca pensou isso né? — ressalta.

 

 

Deixe seu comentário