Bombeiros

Lance Notícias | 24/11/2021 15:26

24/11/2021 15:26

21162 visualizações

Mãe reencontra e agradece bombeiros que salvaram filho recém-nascido, em Seara

O primeiro encontro foi de desespero, mas este, foi regado de gratidão e agradecimento. É assim que Juciane Stahnke e o marido Ademar Stanhke, descrevem o momento em que reencontraram os socorristas que ajudaram a salvar seu bebê recém-nascido, após se engasgar com leite. O Lance Seara contou a história da família de Juci, (Relembre […]

Mãe reencontra e agradece bombeiros que salvaram filho recém-nascido, em Seara

O primeiro encontro foi de desespero, mas este, foi regado de gratidão e agradecimento. É assim que Juciane Stahnke e o marido Ademar Stanhke, descrevem o momento em que reencontraram os socorristas que ajudaram a salvar seu bebê recém-nascido, após se engasgar com leite.

O Lance Seara contou a história da família de Juci, (Relembre clicando AQUI), a qual relatou que gostaria de reencontrar os bombeiros que tanto lhe ajudaram.

Segundo Juci, o trabalho dos Bombeiros que atenderam a ocorrência, foi essencial para salvar a vida do filho.

– O Guilherme nasceu dia dois de setembro e a primeira vez que se afogou foi dia cinco, era muito pequeno. Uns dias depois aconteceu a mesma coisa e eles estiveram aqui novamente – enfatiza.

Com o pedido de ajuda da mãe, a equipe de jornalismo do Lance Seara entrou com contato com a Corporação dos Bombeiros e identificou os socorristas. Na manhã desta quarta-feira (24), foi possível fazer o reencontro entre a família, Guilherme e os socorristas das duas ocorrências.

Confira o momento do reencontro:

A ocorrência foi atendida pelo soldado Barcelos, soldado Jarenkow, soldado Jadson, soldado Knabben, BC Isabel e BC Oliveira, os mesmos relatam alegria em saber que tudo deu certo.
O soldado Barcelos ainda comenta os desafios da ocorrência.

– O Guilherme aquele dia foi um alívio. A gente não pode levar emoção para a ocorrência até por que precisamos agir rápido, mas depois que saímos, acabamos refletimos sobre o que aconteceu – diz.

Veja: Fotos e vídeos da visita dos Bombeiros a família de Guilherme



Essa foi a história do grande Guilherme, de apenas dois meses de idade.
E você, tem uma história bacana ou conhece alguém que tenha?
Mande para gente! Nosso telefone WhatsApp é (49) 98876-3252.

Deixe seu comentário