Comunidade

Lance Notícias | 20/10/2021 14:49

20/10/2021 14:49

22325 visualizações

Jovem conta com ajuda da mãe na produção de pão de mel para custear gastos da faculdade

Jovem conta com ajuda da mãe na produção de pão de mel para custear gastos da faculdade

Juciane Trentin, de 19 anos, é natural de Seara e atualmente mora na Linha Taquarimbó. A jovem sempre teve o sonho de cursar Medicina Veterinária. Em 2017, com apenas 14 anos, entrou no curso técnico em agropecuária integrado ao ensino médio, no Instituto Federal Catarinense (IFC), ficou no internato durante os três anos necessários para se formar.

— Tive muita dificuldade, pois, não sabia como era o mundo lá fora e, ficar longe da minha família a semana toda era difícil, mas superei todas as dificuldades porque eu tinha um sonho — comenta.

Em 2019 a jovem se formou como técnica em agropecuária e realizou o Enem, que garantiu a sua vaga na faculdade. De início, ela passou no Instituto Federal Farroupilha (IFFar), em Frederico Westphalen, porém, decidiu aguardar a aprovação no IFC de Concórdia, que conseguiu pela segunda chamada do Enem, no ano seguinte.

— Minha família ficou muito feliz, era tudo o que eu sempre quis pra mim, sempre me imaginei nesse ramo — ressalta.

Com o início da pandemia, ela começou a ajudar seu namorado com os serviços do interior, que trabalha com apicultura e passou a se interessar por esse ramo também. Com isso, surgiu a ideia de fazer pão de mel.

A primeira vez, fizeram apenas para a família que de início já adoraram. Então, optaram por começar a produzir para venda, em meados de maio deste ano. Ela, sua mãe e seu namorado, iniciaram as divulgações dos pães de mel no WhatsApp, Facebook e Instagram e, utilizaram também, o marketing boca a boca que fez sucesso, o que resultou em uma clientela fixa.

Em setembro, as aulas de Juciane começaram a retornar gradualmente e, como a jovem reside em Seara, se locomove de carro até Concórdia quando é necessário. Logo, acaba gerando muitas despesas, como: gasolina, alimentação e materiais para o curso, além de outros gastos que um carro necessita. Com a produção e com o lucro das vendas dos pães de mel, ela consegue manter seus gastos.

Sua faculdade é em período integral, o que dificulta a jovem a trabalhar fora. Sua mãe, trabalha somente no período da manhã, o que facilita a sua ajuda na produção dos pães de mel, que normalmente ocorre pela tarde ou noite.

— Temos a satisfação de ouvir os comentários dos nossos clientes, sempre recebemos elogios que aquecem os nossos corações — finaliza.

Atualmente, as entregas são realizadas em Itá, Seara, Arabutã, Erechim e para demais localidades, basta combinar. Possuem opções de pães de mel de doce de leite e brigadeiro, com cobertura de chocolate branco ou preto, tomando sempre todos os cuidados de higiene durante a produção, como a utilização de aventais, tocas e luvas.

Caso queira fazer alguma encomenda, basta entrar em contato por meio do WhatsApp (49) 9 8865-5872.

Deixe seu comentário