Educação

Lance Notícias | 04/10/2021 16:49

04/10/2021 16:49

12715 visualizações

Escola de Educação Básica Rosina Nardi conta com biblioteca digitalizada, em Seara

Na manhã desta segunda-feira (04), foi realizado o lançamento da primeira biblioteca digitalizada na Escola de educação Básica Rosina Nardi, em Seara. Estiveram presentes autoridades escolares bem como a secretária da educação, Fabiana Mariani, prefeito Edemilson Kiko Canale, presidente da câmara de vereadores, Adão Kronbauer A ideia da biblioteca digitalizada surgiu a partir de uma […]

Escola de Educação Básica Rosina Nardi conta com biblioteca digitalizada, em Seara

Na manhã desta segunda-feira (04), foi realizado o lançamento da primeira biblioteca digitalizada na Escola de educação Básica Rosina Nardi, em Seara.

Estiveram presentes autoridades escolares bem como a secretária da educação, Fabiana Mariani, prefeito Edemilson Kiko Canale, presidente da câmara de vereadores, Adão Kronbauer

A ideia da biblioteca digitalizada surgiu a partir de uma necessidade da demanda escolar.

O apoio para criação do sistema teve apoio do Senai, o Sistema S, técnicos e professores que desenvolveram o sistema próprio para biblioteca.

Segundo a diretora da rede municipal de ensino, Loreni Dalago, o processo da biblioteca digitalizada promete mais facilidade para retirada dos livros.

– Vai ser mais rápido, ágil e prático. Assim que passar o QR code é possível acessar todas as informações do livro – destaca.

Segundo Loreni, a comunidade em geral pode estar adquirindo livros com várias obras e títulos disponíveis.

Para retirada, será necessário fazer um cadastro no sistema. Vale ressaltar que o livro, depois de devolvido, passa por quarentena de 48h obedecendo os protocolos sanitários.

Segundo a secretária da educação, Fabiana Mariani, objetivo futuro é de estender o sistema para todas as bibliotecas escolares.

O presidente do grêmio estudantil da escola é formado por 17 alunos envolvidos diretamente com projetos escolares.

O presidente Iuri Paludo e o diretor, Bernardo Zanlucchi, avaliam positivamente o projeto. Segundo eles, é uma forma de atrair alunos fomentando a vontade da leitura em um espaço para se sentirem bem.

Deixe seu comentário