Bombeiros

Lance Notícias | 26/09/2021 18:26

26/09/2021 18:26

6504 visualizações

Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina completa 95 anos

Neste domingo (26), o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) completa 95 anos a serviço do cidadão. A data foi comemorada seguindo os protocolos sanitários, houve a solenidade de entrega de viaturas e medalhas, como forma de comemoração. O evento aconteceu no Centro de Ensino Bombeiro Militar, na Capital. O comandante-geral do CBMSC, […]

Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina completa 95 anos

Neste domingo (26), o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) completa 95 anos a serviço do cidadão.
A data foi comemorada seguindo os protocolos sanitários, houve a solenidade de entrega de viaturas e medalhas, como forma de comemoração. O evento aconteceu no Centro de Ensino Bombeiro Militar, na Capital.

O comandante-geral do CBMSC, coronel Charles Alexandre Vieira fez uso da palavra e destacou sobre a honra em estar ocupando a cadeira de dirigente máximo e comandante-geral desta Corporação próspera e pujante.

Destacou sobre a fundação em 26 de setembro de 1926, da denominada Seção de Bombeiros da Força Pública, que hoje representa 97% perante a população e com um nível de confiança maior do que 94%, estando, inclusive, acima da média nacional.

– Dirijo-me inicialmente a todos os bombeiros militares, comunitários, guarda-vidas civis e demais integrantes de nossa distinta instituição. Honrados são aqueles que mantêm dentro de si a motivação que os fazem diuturnamente dar um pouco de si para se dedicarem à honrosa missão de “vida alheia e riquezas a salvar” – comenta.

Finalizou destacando sobre os desafios enfrentados na profissão.

– O resgate pode ser complicado, o incêndio pode ser cansativo e a perda de uma vítima pode ser dolorosa, mas nada disso é capaz de retirar a glória desta nobre missão que cada um de vocês decidiram, um dia, abraçar: fazer o bem, proteger o próximo e salvar vidas sem nunca esmorecer. Obrigado por fazerem parte desta história – finalizou.

Deixe seu comentário