Comunidade

Lance Notícias | 09/01/2022 20:17

09/01/2022 20:17

14503 visualizações

Artista searaense investe em pinturas de artesanatos e desenhos de realismo

A searaense Sandra Antunes, de 40 anos de idade, trabalha como auxiliar de padaria em um supermercado da cidade, mas considera como profissão o que mais ama fazer: ser artista. Sandra iniciou na pintura por meio das revistas de passo à passo da artesã Bia Moreira quando tinha 25 anos de idade. Foi assim que […]

Artista searaense investe em pinturas de artesanatos e desenhos de realismo

A searaense Sandra Antunes, de 40 anos de idade, trabalha como auxiliar de padaria em um supermercado da cidade, mas considera como profissão o que mais ama fazer: ser artista.

Sandra iniciou na pintura por meio das revistas de passo à passo da artesã Bia Moreira quando tinha 25 anos de idade.

Foi assim que Sandra começou a colocar seu conhecimento em prática na confecção de pinturas em fraldinhas de bebê. No ramo há, aproximadamente, dois anos e meio, a ideia surgiu por meio de sua irmã que trabalha em uma loja de roupas de crianças.



Interessada no assunto, Sandra começou a pesquisar e se encantar com diversos trabalhos por outras artesãs.

– Encontrei lindos trabalhos da artesã Márcia Sueli e uso os trabalhos dela como referência, já o nome que coloco nas fraldinhas é um trabalho meu – explica.

Dedicando boa parte do seu tempo há confecção das pinturas, Sandra destaca que faz com muito amor.

– Fazer esse trabalho de pintura em tecido, eu sempre digo que é arte no tecido, é mais por amar do que uma renda a mais, principalmente quando vejo a alegria nos olhos de quem adquire meus trabalhos, é tão gratificante ver que a pessoa fica feliz quando olha para a pintura – enfatiza.



E não para por aí, ainda na área dos desenhos, Sandra destaca-se no realismo dos desenhos em que faz.

– Sou apaixonada pelo realismo, tanto na pintura no tecido como nos desenhos – comenta.

Desenhando desde pequena, Sandra sempre gostou e tinha facilidade em trazer realismo a suas artes.

– Desenhava qualquer coisa com observação, mas não conseguia desenhar rosto foi então que chegou em Seara o curso de desenho em 2010, nas meninas arteiras, então eu fiz o curso, quando terminei recebi um diploma da SG artes visuais – fala.

Veja mais trabalhos realizados por Sandra:





Deixe seu comentário